História da ABRAMD

A Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas – Abramd – é uma associação multidisciplinar de estudos na área de drogas , buscando um fórum coletivo de  debates e reflexão  sobre o tema , de abrangência nacional.  A ABRAMD  foi  fundada em setembro de 2005  e, desde então , vem se consolidando enquanto  fórum de discussão e intercâmbio científico, dentro de uma visão ampla e multidisciplinar.

Os objetivos  estatutários  da ABRAMD são:

Promover debates científicos na área de substâncias psicoativas e dependências, em perspectiva multidisciplinar;

Promover o aperfeiçoamento de profissionais na área de substância psicoativas e dependências através de congressos, cursos, conferências, seminários, reuniões técnicas e outras atividades científicas;

Colaborar com a divulgação de estudos e trabalhos científicos na área de drogas e dependências;

Promover o intercâmbio com profissionais e entidades afins em âmbito nacional e internacional;

Prestar consultoria técnica e científica na área de drogas.

Atualmente,  a associação conta com mais de 350 associados, de diversas áreas, entre eles, psicólogos, médicos, farmacêuticos, advogados, biólogos, antropólogos, sociólogos, educadores, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, redutores de danos, cientistas sociais e enfermeiros.

Conheça melhor a ABRAMD e faça parte desta REDE de profissionais que se  mobiliza, cada vez mais, para sua expansão e representatividade no território nacional, contribuindo para:

– o avanço do debate do tema das drogas em uma perspectiva científica plural e ética nas diferentes instâncias da sociedade civil e do governo;

– a consolidação de espaço multidisciplinar de trocas entre os associados;  a promoção de uma visibilidade externa das produções científicas da categoria;

–  o incentivo para construções coletivas inovadoras, a partir de debates e trocas entre grupos com interesses e experiências afins;

– a qualidade técnica das intervenções em atenção, formação, pesquisa;

– a representação qualificada e democrática da categoria junto aos órgãos da politica sobre drogas, nos diferentes segmentos de governo local e nacional;

– a divulgação do conhecimento científico na área;

– a integração e acolhimento aos profissionais envolvidos com a temática das drogas.

Fonte: abramd.org

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: